Diante de mais uma comemoração do Dia Internacional Da Mulher, você que é mulher está satisfeita com sua autoimagem? Você se vê uma pessoa bonita e interessante? Como avalia a sua autoestima?

Ter uma boa autoestima é muito importante, pois esta exerce impacto em todas as áreas de nossa vida. A autoimagem rebaixada pode prejudicar as relações sociais, o exercício profissional, assim como a saúde, entre outras coisas.

Pensando nisto, segue algumas dicas:

Reconheça suas qualidades

Um passo essencial é olhar para si mesma e conseguir reconhecer suas qualidades e se orgulhar disto, pois a pessoa que mais pode te valorizar é você mesma! Lembre-se : amar a si mesma em primeiro lugar.

Autoconhecimento

Como dito anteriormente, validar seus pontos fortes é essencial, e não menos  importante é saber quais são os seus pontos a melhorar, somente quando ficamos conscientes de nossas qualidades e defeitos é que podemos de fato nos aperfeiçoar e evoluir como indivíduos.

Seja autoconfiante

Ser autoconfiante auxilia no enfrentamento das dificuldades do dia a dia e auxilia nas conquistas de seus objetivos, medo e insegurança pode paralisar você e impedir que encare os desafios.

Valorize a sua própria história

Olhar para a sua história e ver que já passou por tantas situações, umas mais fáceis e outras mais difíceis e conseguir enxergar o significado de tudo isso é um ótimo exercício para a valorização          

Cuide de si mesma

Cuidar de si mesma, da sua saúde, do seu bem estar, como praticar exercícios físicos, fazer meditação, ter horas de lazer, fazer terapia são atitudes que demonstram que você realmente se importa com você.

Esqueça os padrões

A mídia dita um padrão de beleza praticamente inalcançável e as mulheres acabem sofrendo com isto, fuja destes padrões impostos, aceite o seu corpo como ele é e lembre-se que você é única e não precisa se encaixar em nenhum modelo.

Evite o perfeccionismo 

Criticar a si mesma e exigir muito de você, interfere na sua autoestima e no senso de realização e bem estar. Aprender a não ser perfeccionista e aceitar mais facilmente tanto seus erros como os acertos alivia muito a cobrança e a punição pelos seus atos.

Evite comparações injustas

Caso você seja daquelas que vive se comparando com as outras pessoas e se vendo de forma pejorativa, reflita a respeito e tente mudar, pois isto só trás prejuízos. Ao invés de se comparar de forma injusta, valorize seu potencial e suas habilidades.

Empodere a si mesmo e as outras mulheres

Empoderar as outras mulheres é uma forma de se empoderar, na medida em que você mostra que admira uma outra mulher e reconhece a sua força, pode aprender a valorizar a si mesma.

Evite o imediatismo

Você quer que as coisas aconteçam rápido demais? Caso a resposta seja afirmativa, aprender a respeitar o tempo das coisas é um ótimo meio de lidar com a ansiedade e saber esperar. O imediatismo pode gerar frustração e insegurança.

Por: Andrea Guimarães Rothschild

Fonte: https://www.ibccoaching.com.br/portal/motivacao-pessoal/4-dicas-como-aumentar-autoestima-feminina/

Pin It on Pinterest

Abrir
Precisa de ajuda?