É comum receber no meu consultório pessoas com questões referentes  ao luto pelo término de um relacionamento afetivo.

Término de relacionamento, nunca é fácil, mesmo quando é você que decide dar um fim na relação pode haver sofrimento.

Mas por que o rompimento é algo tão difícil?

O ser humano é sociável e constrói ao longo da vida vínculos e quando este vínculo de alguma forma é quebrado há dor. A ausência da pessoa que fazia parte da sua rotina, que era sua parceira, que você contava e te proporcionava um aconchego, não existe mais. Aí se faz necessário elaborarmos o luto e reconstruirmos a vida investindo energia em nós.

Os relacionamentos acabam por vários motivos, muitas vezes o sentimento muda e não admiramos mais aquela pessoa como no começo da relação, e quando percebemos que os objetivos de vida e valores não são os mesmos, fica difícil seguir junto. Às vezes a vida toma rumos diferentes e é preciso seguir o fluxo para um renovo. Mas e o luto pelo término do relacionamento, como fica?

O momento de luto acontece quando percebemos o objeto perdido e a falta que ele nos proporciona. Neste momento nossa atenção é voltada a ele. Surgem pensamentos a respeito do que a outra pessoa está fazendo? Como ela está? Será que ela já conheceu alguém?

É um momento de reconstrução e muito aprendizado em relação a nós mesmos, um momento em que podemos crescer e nos fortificar. Além da tristeza, sentimentos de raiva podem aparecer pela perda do objeto de amor investido.

Aos poucos nos reconectamos a nossa vida cotidiana, e uma dica para colocar em prática é  voltar a sair com os amigos, focar em nosso trabalho, ter momentos de lazer, isto ajuda a elaborar o luto pelo término da relação, e é um sinal que você está superando assim o momento mais difícil.

Faça um comentário e compartilhe isto, com a pessoa que sabe que está precisando.

Por: Andrea Guimarães Rothschild

Pin It on Pinterest