Traumas familiaresNa minha experiência em atendimento no consultório é muito comum me deparar com pessoas que vivenciaram experiências difíceis no âmbito familiar, muitas vezes com uma mãe ou pai severo e pouco afetivo ou uma mãe ou pai negligente ou ausente, fato que pode desembocar numa base familiar que propicia um vínculo inseguro.

Uma criação sem segurança e afeto, causam um impacto profundo na vida do indivíduo, deixando marcas que torna o ser humano mais vulnerável e desamparado para enfrentar as adversidades da vida.

A família exerce papel importante na forma como nos relacionamos com o mundo, por isso uma relação saudável com ela, impulsiona nossas potencialidades e dá sentido a nossa história e quando nos apropriamos de nossa história, tudo ao nosso redor fica mais fácil de lidar. Do contrário há sofrimento e nós que são difíceis de desatar.

Medos, traumas que são desenvolvidos a partir de uma história difícil de vida  tornam-se complexos de lidar, principalmente quando o peso familiar acarreta tudo isto. Mas será que isto tem solução?

O fato é que as pessoas são falhas, muitas vezes os pais erram na criação dos filhos, e partir do momento que temos esta compreensão, o peso de carregar marcas profundas na existência pode diminuir, por mais difícil que seja.

Sabe aquele ditado “Quando você se concentra na dor você sofre, quando você se concentra na lição você evolui”. Ele é verdadeiro.

Toda vez que temos um problema, não é exatamente o problema que vai determinar a dor e sim a forma como encaramos o problema. Logo, quando mudamos a maneira como interpretamos determinada situação, as coisas podem até permanecerem difíceis, porém podem se tornar mais toleráveis, cabendo assim dentro de nós.

O que pode ajudar neste processo?

A psicoterapia é um bom caminho para o autoconhecimento e resolução de conflitos. Caso você carregue algo que esteja difícil de se desprender a psicoterapia pode te ajudar muito a por cada coisa no seu devido lugar.

Gostou do texto? Ajude a compartilhar.

Por: Andrea Guimarães Rothschild

Pin It on Pinterest

Abrir
Precisa de ajuda?